Boutique São Paulo

Quem está sempre em busca de peças exclusivas, daquelas que quase ninguém terá igual, sabe que poucas coisas são melhores do que a alegria de encontrar um achado vintage perfeito. Mas vamos combinar que garimpar em brechós exige uma certa dedicação, além do faro apurado para enxergar potencial em peças que à primeira vista não parecem ter nada de especial.

Para a nossa sorte, graças à ascensão de brechós online já é possível encontrar tesouros fashion sem precisar sair do conforto do sofá. Com nostalgia sim, mas sem poeira, a boutique são paulo chama atenção com a seleção de seu acervo, os editoriais com estética cool e a habilidade para garantir um apelo superatual à peças cheias de histórias. Comandada por Rebeca Oksana e Vinicius de Liz, a BSP não só oferece uma seleção cuidadosa de roupas e acessórios, como também ajuda a “garantir que a vida útil de artigos previamente descartados seja prolongada”, como eles mesmos explicam no site da loja.

boutique são paulo

Conversamos com a dupla sobre como esse novo nicho está mudando a forma de consumir ressignificando produtos usados, sobre ser uma marca independente com identidade própria e todo o processo que está por trás do site. Depois de ler a entrevista a gente tem certeza de que você vai ficar com vontade de arrematar vários achados da boutique são paulo para o seu acervo pessoal.

Hype011: Como surgiu a vontade de criar a BSP?
boutique são paulo: Nós fomos sempre muito engajados com o setor do vestuário, e sentindo a falta de um lugar que juntasse todas as referências que buscávamos, decidimos criar uma loja que trouxesse isso para o grande público. Nós fizemos várias tentativas até chegar na boutique são paulo, que felizmente, depois de muito esforço e dedicação, foi gerando muito engajamento e retorno!

H: Qual é o DNA da boutique são paulo?
BSP: Acreditamos em roupas e peças do vestuário confeccionadas com qualidade e apreço, e é isso que tentamos transmitir com a boutique são paulo. A moda é feita pelas pessoas. E independe de grifes, passarelas ou de tendências que os gigantes do setor definem.

boutique são paulo

H: Quantas pessoas trabalham por trás do site?
BSP: A maior parte do trabalho é feita por nós, sócios fundadores, Rebeca e Vinicius.

H: Como é feita a seleção dos produtos?
BSP: Os produtos são garimpados cuidadosamente por todos os lugares imagináveis, mas também trabalhamos com peças novas.

H: Quais são os lugares favoritos de vocês para garimpar?
BSP: Não há um lugar favorito. Geralmente nos lugares mais inóspitos se encontram muitas peças maravilhosas. Mas brechós de bairro e bazares de igreja são ótimas pedidas.

boutique são paulo

H: Os editoriais do site são bem autênticos e superbonitos. A produção é feita por vocês? Como acontece a seleção de modelos e locações? E onde vocês buscam referências para o styling dos looks e o conceito das fotos?
BSP: A produção é quase sempre feita por nós mesmos, mas muitas vezes recebemos ajuda e referências de outras pessoas envolvidas nos editoriais. Todo mundo tem voz na hora de realizar o ensaio, principalmente o fotógrafo e modelos, e procuramos deixar todos sempre bem confortáveis para realizarem o seu trabalho. Geralmente procuramos modelos que queiram ser fotografados por nós e que entram em contato conosco. Já as locações são definidas baseadas em um moodboard que caia bem com o look e a proposta do editorial em questão. O Pinterest é um grande aliado para as referências, mas marcas clássicas, passarelas, o estilo de rua de grandes metrópoles também nos mostram uma parte do caminho.

H: Uma das premissas da boutique são paulo é a sustentabilidade. Além dessa ideia de consumo mais consciente, quais são as outras referências por trás do site?
BSP: Acreditamos que as peças de vestuário devam ser confeccionadas com qualidade, e que possam ser usadas e combinadas diversas vezes em um look. Podemos chamar isso de ‘upcycling’, mas é também uma forma de sustentabilidade. Apoiar os pequenos produtores também é uma premissa nossa, fortalecendo o trabalho de quem realmente faz e corre atrás dos seus sonhos e objetivos.

boutique são paulo

H: Sobre ser uma marca independente, qual é a melhor parte? E a pior parte?
BSP: A melhor parte é o engajamento do nosso público. Ficamos muito felizes com cada comentário e mensagem que recebemos das pessoas, é muito legal e nos traz muita inspiração e força de vontade! A pior é estar alheio à força das grandes marcas, que entregam milhares de produtos, das mais diversas tendências a um preço e qualidade desconfiáveis.

H: Os brechós, principalmente os mais especializados e online, estão vivendo um bom momento. Vocês sentem que a aceitação desse conceito aumentou desde quando a BSP surgiu?
BSP: Uau, que demais! Não sabemos ao certo se a boutique são paulo influenciou esse conceito, mas de fato, quando começamos existiam pouquíssimas marcas com um estilo parecido. Hoje existem muitos e muitos perfis de brechós que nos seguem diariamente no Instagram. No começo nos sentíamos um pouco ameaçados com isso, mas acreditamos que há espaço pra todo mundo!

boutique são paulo

H: O que mais inspira e motiva vocês?
BSP: Entregar peças de qualidade para o nosso público. Encontrar vestuários que tenham potencial e depois ver fotos das roupas sendo super bem usadas no dia-a-dia, é maravilhoso!

H: O blog da BSP tem uma seção bem legal com a hashtag RoleBSP, com dicas dos spots favoritos de vocês em São Paulo. Que lugares vocês nos recomendariam, do tipo precisamos conhecer?
BSP: Mmm, agora não estão surgindo muitas ideias na cabeça, inclusive precisamos fazer mais posts com essa hashtag! Mas pra não ficar em branco, existe um ótimo café e floricultura próximo a República e ao Minhocão, é o Jardin do Centro. Já para comer todo o tipo de doce, e com a certeza de que vão estar deliciosos, acompanhados de um café bem tirado: Casa Mathilde. E um lugar tradicional e clássico já dos domingos paulistanos, a feira de antiguidades, as feiras modernas e todo o arredor da praça Dom Orione, no Bixiga!

Serviço:
Jardin do Centro
Rua General Jardim, 490-494 Centro – São Paulo
(segunda a sábado 9h/19h)

Casa Mathilde
Praça Antonio Prado, 76 Centro – São Paulo

Fotos: reprodução/boutique são paulo

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

COMENTÁRIOS